sábado, 1 de janeiro de 2011

Eu adoro caminhar

mas a caminhada não tem muito amor por mim. Sinceramente, eu não gosto de andar. Não gosto de ficar suada andando sem um objetivo certo, e sabendo que a única coisa que eu vou ganhar será um carimbo na minha carteirinha verde e suja. A única caminhada em que eu ganhei algo além de um borrão de tinta foi uma que eles estavam sorteando prêmios: minha mãe ganhou uma agenda, minha amiga um lenço, meu irmão um porta cordões, que deu pra minha amiga (era aniversário dela...), meu pai uma caixa linda (que deu para minha mãe) e eu ganhei um shampoo, UM SHAMPOO! Pô, que droga. Pelo menos depois, quando eu cheguei em casa, exausta, suada, suja de barro, com meu all-star de cano alto preto, lindo, com terra vermelha até a alma, tomei uma ducha gelada, fui a piscina, e depois usei meu shampoo, tinha cheiro de baunilha. ¬¬' Pelo menos uma coisa útil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário