segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Gargarejando

Foram Luanda e Mari para o cinema, assistir Eclipse. Luanda, a melhor amiga de Mari era a melhor pessoa do mundo junto com sua mãe e sua tia, seu pai foi em um veleiro para o Caribe quando ela tinha cinco anos e nunca mais voltou. Ela, agora com 12 anos, superou essa perda, e odeia seu pai. Bom, Luanda tinha seus problemas. Na verdade, se não fosse o fato de ser tão cabeça dura, ela seria a pessoa mais perfeita do universo inteiro.
Luanda: Quero ver o filme bem de perto!
Mari: Eu também!
Luanda: A primeira fila, por favor.- Disse enquando selecionava o lugar que iriam sentar.
Mari: Não sei não, vamos ficar na fila do gargarejo? Tem lugar lá pra trás, ó. É até melhor, as melhores filas são as de trás.
Luanda: Que nada!
Mari: Bom... Tá legal. - Sabia que ela não iria mudar de ideia tão cedo.
Compraram um potão de pipoca e meio litro de coca cola para acompanhar o filme.
Na primeira cena, Mariana descobriu que iria ser difícil ver aquele filme em paz. Luanda não conseguia acompanhar as legendas, e ficava perguntando: o quê ela disse? ãh? o quê?  Ás vezes nem mesmo ela conseguia acompanhar, de tão ruim que era a fila que arruamaram. Chegou na metade do filme, Luanda estava nos braços de Morfeu, e Mari se esforçando para não ir também, pois ela só via cenas de amor melosas e palavra desconhecidas. Tinha ido para agradar Luanda, por quê o filme que ela realmente queria ver (acreditem) era A Órfã. Ela poderia entrar no meio da multidão e borlar a segurança, por quê não? Eles estão ganhando o dinheiro deles, e ela vendo o filme que queria. Mas Luanda é o tipo de certinha paty chata qua não aceita borlar uma só regrazinha absurda. No final, elas acordaram com o lanterninha avisando que a próxima sesão iria começar, capotadas nas poltronas vazias daquela tortura, com os cabelos loiro e castanho claro embolados nos seus cachos. A pipoca, que elas não tinham comido nem um milésimo, estava jogada no colo delas e no chão e o meio litro de coca, quente, no braço da cadeira.
Mari: Da próxima eu escolho o filme e o lugar, ok?
Luanda; Ok...

Nenhum comentário:

Postar um comentário