sábado, 29 de janeiro de 2011

Luanda

Bom, pra começar, Luanda é uma menina de 12 anos, que mora no c* do mundo. Era a carioca perfeita, mais perfeita de todas. Vivia cheia de areia nos pés, morava na Freguesia, cinco minutos da praia da Barra. No Rio não existe frio ou inverno, depois de conhecer o fim do mundo, ela pensa assim. Ela lembra que, no último dia que esteve como carioca, ela estava com uma blusa de moletom grossa, com um cobertor colorido assistindo Tom & Jerry e chegou o pessoal da mudança. Acabou. Acabou os dias de praia, acabou. Acabaram os seus amigos, acabou. Acabou sua vida, acabou. Agora ela vive no lugar já citado, com uma amiga, apenas, Mariana, vai raramente à praia, e ela não gosta de piscina, piscina não tem graça. Pra ela piscina é uma iniciação à vida no mar. Quando foi fazer seu CPF, nos Correios da sua cidade, a atendente perguntou: você nasceu aqui?  Ela se lembrou de praia, do sol, dos shoppings, da água salgada das pranchas e respondeu rispidamente: Não! "Que ofensa" ela pensou. Pincipalmente nas férias ela sente saudades da sua cidade, só sua, de mais ninguém. Das suas praias, das suas ondas, do seu mar. Seu livro de cabeceira é Percy Jackson, só por quê ele é filho se Poseidon (pra quem não sabe, ele é o deus do mar). Ela é obcecada pelo mar desde que começou a surfar. Tem cabelos castanhos e olhos azuis (só pra vocês saberem. )

Nenhum comentário:

Postar um comentário