sábado, 1 de janeiro de 2011

Minha bicicleta

continua mofando no quintal. Eu sempre digo que vou andar, mas nunca consigo. Preguiça, preguiça e... preguiça. Afffffff... Eu ando só na descida, por que na subida... tá, eu digo que não consigo, mas me cansa, e no fim do dia eu estou totalmente arrasada... Ela deve estar solitária. Tá, amanhã eu vou... Não, não amanhã não. Segunda... Vou ver. O engraçado é que ela era minha companheira inseparável, eu ia com ela pra cima e pra baixo. Mas agora a preguiça reina sobre meus ombros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário