domingo, 6 de fevereiro de 2011

Crônica da Semana: O Último Dia de Férias

Minha amiga me chamou para ir lá na casa dela se jogar na piscina. É claro que eu aceitei.
Na hora de ir embora, ela ficou chateada por que eu falei que maquiagem era legal. Sim, só por isso. Tá eu também faço isso... É coisa nossa. Dez minutos depois, ela já estava normal, e eu nem pedi desculpas (a nossa amizade é tão forte que se repara sozinha. Não passamos mais de meia hora brigadas.) Eu desisti de ir embora por que a vó dela chegou com um bolo de chocolate com recheio de chocolate cobertura de chocolate e granulos de chocolate, e me pediu pra lanchar. Ao ver aquela tentação chocólotra, eu não pude dizer não. Minha mãe chegou depois que ela me "obrigou" a preencher uma ficha enooooorme sobre a nossa amizade (onde a gente se conheceu, como, porquê...) É, ela não bate bem não... Bricadeirinha! Minha mãe e a vó dela embarcaram num papo que deixou a gente esperando por uma meia hora, uma olhando a cara da outra. Depois me despedi, entrei no carro e coloquei minha música favorita no volume máximo dentro do pobrezinho, e começei a tentar cantar. Por um momento, pensei que o parabrisa iria estilhaçar de tãããão bem que eu cantava. Tatá ouviu a música e embarcou numa cantoria suuuuper afinada. Eu dentro do carro ela fora. Covidei-a para entrar depois que ela quase se esgoelou tentando cantar a música. Ouvimos - e cantamos bem à beça- Airplanes, umas nove vezes (só o refrão) no volume máximo. Depois ouvimos Fuck You do Cee Lo Green, e discutimos por quê a professora de inglês do nosso curso não ensinava pra gente um vocabulário de palavrões americanos (estava pensando levar essa música para o trabalho, ela não vai ter como dizer não), uma parte suuuuper importante do idioma dos EUA. Depois ouvimos The Carpinters (sim, por 2 segundos) 3 Britney, Mais Que Nada Black Eyead Peas e minha mãe viu o relógio marcar 8 de noite.
O fim do meio último dia de férias.  Amanhã o martírio deve começar outra vez: as intrigas, as implicâncias.
The End

Nenhum comentário:

Postar um comentário